DestaquePolítica

Chapa do PP terá Daniel, Marx ou Marcius e pode fazer de 3 a 4 federais

A projeção é feita com base em avaliações de quem é conhece o “pragmatismo” da política alagoana.

“A chapa que o Arthur Lira está montando no PP vai eleger três federais de largada e brigar pela quarta vaga”, aponta um conhecido analista que tem ajudado o partido na construção da chapa de deputado federal.

Entre os nomes já confirmados, estão além do presidente da Câmara dos Deputados, o deputado estadual Davi Davino Filho, o vereador de Maceió João Catunda, Rodrigo de Neno e o policial federal e bolsonarista Flávio Moreno.

“O Daniel (filho de Luciano Barbosa ) já confirmou que vai disputar pelo PP, com a decisão inclusive já comunicada ao MDB”, aponta o analista.

A dúvida, avisa, fica entre os nomes do atual deputado federal Marx Beltrão e do primo dele, Marcius Beltrão, atual secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado. “Ou um ou outro”, aponta.

Entre as mulheres, o grupo espera por uma definição da deputada federal Tereza Nelma (PSDB). “O convite já foi feito para a Tereza. Alguns outros nomes, como o de Maristela (Sena Dias), ex-prefeita de Piranhas e Ivana Toledo (Penedo), podem compor a chapa”, pondera o analista.

Nesse cenário, o PP partiria de 500 mil a 550 mil votos, aponta o analista. “Dependendo de ajustes na composição da chapa elege 3 e vai brigar pela quarta vaga”, avisa.
Fonte: Jornal de Alagoas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo