DestaquePolítica

Arthur Lira “monta” chapa de oposição a Renan Filho

Os sinais estão mais do que claros. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), não quer e nem vai subir no mesmo palanque do governador Renan Filho nas eleições deste ano em Alagoas – seja RF candidato ou não ao Senado.

Nos últimos dias, Lira aumentou o tom das críticas ao governo de Renan Filho. Os motivos vão muito além da partilha de recursos da concessão dos serviços de saneamento.

Lira cobra uma divisão dos R$ 2 bilhões pagos pela BRK ao governo de Alagoas com municípios da região metropolitana.

Teria sido esse o motivo de reunião com Rodrigo Cunha, JHC e Davi Davino Filho, realizada nesta quinta-feira a noite na residência oficia do presidente da Câmara dos Deputados em Brasília, como informa Lira em suas redes sociais.

Foi muito mais que isso. O quarteto já havia se encontrado num conhecido restaurante da capital federal um dia antes para falar sobre a sucessão em Alagoas.

Rodrigo Cunha já teria convidado a deputada estadual Jó Pereira para ser vice de sua chapa. A deputada, como se sabe, seria o nome indicado por Arthur para compor uma chapa majoritária. E há quem diga que o senador se aproximou – e muito – de Lira nos últimos dias.

A conversa com JHC e Rodrigo, acompanhada de Davi Davino Filho, filiado ao PP e muito ligado a Lira, dá margem para a formação de uma chapa que poderia ter o deputado estadual como candidato ao Senado.

E JHC? O prefeito trabalha para viabilizar Cunha como candidato ao governo nos próximos 30 dias. É isso ou ele será pressionado a deixar a prefeitura para liderar o palanque de oposição a Renan Filho. Mas essa é outra história.

Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo