DestaquePolítica

Arthur Lira “toma” União Brasil de Marcelo Victor e causa alvoroço para formação de chapas proporcionais

Movimentação pode interferir no cenário majoritário e no proporcional

Ao perceber que o presidente da Assembleia Legislativa Estadual (ALE), Marcelo Victor (SDD), estava mostrando mais interesse em fazer uma aliança com o governador Renan Filho (MDB), o deputado federal Arthur Lira (Progressistas) usou o cargo de presidente da Câmara Federal para tirar de Victor o comando do União Brasil (UB) em Alagoas.

De Brasília, Arthur Lira conseguiu causar um grande alvoroço em Alagoas. Isso ocorre pelo fato de Marcelo Victor ter dado garantia a metade da atual legislatura de que a chapa que ele formaria garantiria a reeleição de todos aqueles que atenderem o seu chamado. No entanto, com apenas uma movimentação, Lira conseguiu tirar do trono o deputado estadual que já mantinha um status de Governador.

Marcelo Victor passou – sem querer – o posto de “poderoso chefão” para Arthur Lira, que já disse aos mais próximos como irá conduzir o processo eleitoral daqui para frente: “Quem estiver ao meu lado terá um lugar ao sol”. Agora, metade da ALE está refém e deverá se curvar ao presidente da Câmara Federal para disputar a reeleição com folga.

Para uns, foi um caminho sem volta, pois muitos partidos não os aceitarão de volta. Para outros, a única opção é a humilhação aos pés de Lira, que já está recebendo inúmeras ligações e passa a ter o poder de “salvar” muitos políticos que já tinham a eleição como garantida.

Os próximos passos de Arthur Lira podem, inclusive, definir um novo nome para assumir o cargo de governador-tampão com a possível desincompatibilização de Renan Filho (MDB). Até lá, Marcelo Victor estará em Brasília tentando reverter a situação que já está sendo considerada em todos os lugares um assunto resolvido.

Fonte: 7 segundos

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo