AlagoasDestaque

MPE com a PM, a Secretaria da Mulher, o Conselho Estadual de Direitos Humanos promove seminário para debater uso de câmeras por policiais

O Ministério Púbico de Alagoas (MPAL) em parceria com a Polícia Militar de Alagoas, a Secretaria da Mulher e Direitos Humanos e o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos promovem nos dias 24 e 25 de março, no auditório da Uninassau, unidade Farol, o seminário “Direitos Humanos e Segurança Pública: Mecanismos de interação” cujo objetivo é o de discutir a implantação de Câmeras individuais a serem utilizadas por policiais militares. O evento contará com palestra do coronel da Polícia Militar de São Paulo e doutor em segurança pública, Robson Cabanas que falará da experiência em seu estado. A abertura do evento está prevista para às 19h, da quinta-feira. Já na sexta, o evento acontece de 8h às 12h.

De acordo com o promotor de Justiça Magno Alexandre Moura, tal mecanismo servirá para assegurar um serviço de maior qualidade à sociedade, bem como de respaldo para os próprios agentes da Segurança Pública.

“Acreditamos que estamos construindo pontes necessárias para a implementação das câmeras corporais que muito servirão aos processos judiciais e administrativos, caso forem requisitadas as imagens. Em Alagoas há tempo travamos um diálogo constante com Polícia Militar para implementação desse importante mecanismo de Direitos Humanos e Segurança Pública. Obviamente ganhamos todos, órgãos e sociedade com a utilização de tal ferramenta”, afirma.

Evento

Durante os dois dias, os participantes contarão com palestras importantíssimas ministradas pelo comandante-geral da PMAL, coronel Wellington Bittencourt, pelo promotor de Justiça, presidente do Conselho Estadual de Defesa de Direitos Humanos (CEDDH/AL) e membro do Conselho Estadual de Segurança Pública (CONSEG), mestre em Direito em Teoria Jurídica e Política do Estado, Magno Alexandre Moura, pela secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (SEMUDH), Maria José da Silva, e também pelo coronel Robson Cabanas, que possui doutoramento em Segurança Pública, com tese voltada à implementação de câmeras corporais por policiais militares, o qual é o responsável pelo Centro de Comunicação Social da Polícia Militar de São Paulo (PMESP).

Fonte: MP/AL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo