DestaquePenedo

OAB de Penedo presta queixa em caso de cachorro que teve o corpo queimado

Polícia está investigando o caso, que deixou o animal gravemente ferido e comoveu muitas pessoas

Um crime bárbaro contra um cachorro comoveu a cidade de Penedo e está sendo acompanhado pela Comissão do Direito Animal e do Meio Ambiente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil no município. O caso começou no dia 26 de março, quando a Subseção tomou conhecimento, através das redes sociais, de que o animal foi cruelmente queimado, tendo grande parte da pele atingida, provavelmente por um líquido fervendo.

Ao tomar conhecimento dos fatos, a presidente da Subseção de Penedo, Luciana Alves Costa, acionou a Comissão do Direito Animal e do Meio Ambiente, que tem como presidente o advogado Antônio Carlos. Depois de buscar informações, os membros da comissão souberam que o cachorro, batizado de Amigão, apareceu em uma casa, onde foi acolhido pelos donos.

De acordo com Antônio Carlos, o cachorro estava muito ferido, gemendo muito e arredio. O dono da casa também tinha entrado em contato com um veterinário, que passou os medicamentos de urgência. O caso chocante sensibilizou muitas pessoas e uma clínica veterinária levou Amigão para tratamento.

“No dia 29, fomos à delegacia, eu conversei com o delegado Fernando Lustosa e formalizei o Boletim de Ocorrência, passando todas as informações para tentar chegar a um possível culpado. O caso está sendo investigado pela polícia. E nós estamos acompanhando tudo, fizemos campanha para ajudar no tratamento do cachorro, que está melhor, mas precisa de cuidados especiais”, detalha Antônio Carlos.

Fonte: Assessoria OAB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo