AlagoasDestaque

Vítima de bala perdida no bairro da Levada, gestante de 7 meses não resiste e morre no HGE

Segundo a polícia, Aryadna teria sido atingida pelo tiro durante briga entre facções, no último dia 9; filho que esperava também morreu

A jovem Aryadna Marcella, de 24 anos, vítima de bala perdida durante briga entre facções, no bairro da Levada, em Maceió, morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), nesse sábado (16). O caso aconteceu na madrugada do último dia 9. Aryadna estava grávida de 7 meses do seu quarto filho.

De acordo com o delegado Thiago Prado, responsável pelo caso, a jovem foi atingida pelo tiro na região do abdômen, sendo socorrida até o HGE, onde precisou ser internada devido à gravidade de seu caso.

Familiares da jovem chegaram a fazer pedido de doação de sangue nas redes sociais, como também corrente de oração em frente ao hospital; porém, Aryadna não resistiu ao ferimento da bala, bem como o filho que esperava, que morreu dias antes dela.

“Casos como este ocorrido na Levada mostram a triste realidade da periferia, que ainda sofre com mortes decorrentes do crime organizado. Pessoas como Aryadna, que não tem qualquer relação com essa guerra, acabam sendo atingidas”, lamentou Prado em suas redes sociais.

Ainda segundo o delegado, os criminosos seriam da região do Bom Parto, bairro vizinho da Levada. “Os criminosos fugiram para o Bom Parto, após o crime, e, até o momento, não foram identificados”, acrescentou.

A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) segue em diligências a fim de prender os suspeitos. Qualquer informação sobre o caso pode ser denunciada de forma anônima, através do 181, conforme assegurou o delegado.

Familiares e amigos de Aryadna lamentaram o ocorrido nas redes sociais. O sepultamento dela aconteceu nesse domingo (17), em Maceió.

Fonte: Gazeta Web

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo