DestaquePenedo

Prefeitura de Penedo amplia assistência às vítimas das chuvas e recupera estradas

Trabalho do governo Ronaldo Lopes acontece na cidade e na zona rural

As fortes chuvas deram uma trégua em Penedo, mas a assistência às famílias atingidas pela situação de calamidade pública não para. Além do socorro imediato e das ações posteriores de acolhimento, o governo Ronaldo Lopes avança no trabalho na cidade e na zona rural.

Ao mesmo tempo em que recupera estradas de acesso aos povoados e drena a água que ficou acumulada em algumas comunidades, a gestão Crescendo Com Seu Povo retira todo o material lançado nas ruas durante a maior chuva registrada no município, 260 mm entre a noite de terça, 23, e a tarde do dia seguinte.

Por conta dessa situação de anormalidade climática, centenas de pessoas precisaram sair de casa, sendo que 195 pessoas estão acolhidas nos abrigos providenciados pela Prefeitura de Penedo (duas escolas da rede pública municipal) e 388 famílias estão desalojadas, ou seja, foram recebidas por parentes ou amigos.

Prefeitura de Penedo atualiza dados sobre situação de calamidade pública

Parte desse grupo de penedenses está sendo direcionado para nova moradia, por meio do sistema de aluguel social. De forma simultânea, a identificação de imóveis para locação é acompanhada do levantamento de danos nas casas para os devidos reparos, ação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação (SEMDSH).

A mobilização da Prefeitura de Penedo também conserta danos causados pelas chuvas, principalmente alagamentos e a retirada da lama acumulada nas ruas.

Por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SEMSP), uma ponte de madeira foi instalada na Rodovia Euclides Idalino para viabilizar a passagem de pessoas e veículos de pequeno porte no trecho popularmente conhecido como Cacete Armado.

O pessoal da SEMSP também concentra esforços na zona rural, trabalhando para recuperar estradas danificadas como nunca se viu em Penedo, promovendo ações emergenciais até que seja possível fazer o serviço adequado.

Fonte: SECOM-PMP

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo