DestaquePolicial

PCAL prende em Alagoas, Pernambuco e Mato Grosso acusados de homicídios

O delegado Daniel Mayer, do 32º Distrito Policial (32ºDP), de Piranhas, da Polícia Civil de Alagoas, informou nesta sexta-feira (3), que concluiu a primeira fase da operação de busca e prisão de pessoas foragidas em razão de crimes de homicídio praticados no sertão do Estado. Três suspeitos foram presos em Alagoas, Pernambuco e Mato Grosso.

A coordenação técnica da operação foi realizada pelo delegado geral da PCAL, Gustavo Xavier e pelos delegados Rubens Martins, Gerente da Polícia Judiciária da Região 4 (GPJ-4), Thales Araújo, diretor da Divisão de Inteligência da Polícia Civil e Daniel Mayer, titular da Delegacia de Piranhas-AL. A ação policial contou com a participação do Núcleo Regional de Confresa (PCMT) e da Polícia Civil de Pernambuco.

As prisões:

Em Pernambuco foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra um indivíduo por um duplo homicídio praticado no município de Canapi, interior de Alagoas. A ocorrência foi registrada no dia 14 de janeiro. As vítimas, Jean Raimundo da Silva e Eronir Raimundo da Silva, eram tio e sobrinho. O crime foi motivado por brigas decorrentes de consumo de álcool.
O autor estava foragido e foi localizado pela Polícia Civil de Alagoas no estado vizinho, Pernambuco. A prisão foi efetuada em trabalho conjunto com a PCPE no Município de Manari-PE.

Já o mandado cumprido no estado do Mato Grosso ocorreu no dia 27 de maio, na cidade de Confresa. O indivíduo estava escondido há anos e foi localizado pela Polícia Civil de Alagoas.

Ele é autor de um crime bárbaro, e de repercussão pública, praticado no dia 26 de junho de 2013, no Sítio Lagoa Nova, em Piranhas, sertão de Alagoas. A vítima foi uma criança de 9 anos, Fernanda Franciele da Silva Alves, que morreu após levar um tiro de espingarda calibre 12 no rosto. A menina faleceu no local antes de ser socorrida.

Neste caso, o indivíduo foi preso em uma ação conjunta com o Núcleo Regional de Confresa, da PCMT.
Por fim, a terceira prisão foi realizada também no dia 27 de maio.

O suspeito de um crime de homicídio foi localizado no município de Delmiro Gouveia-AL, no local conhecido como 369 casas, e teve sua prisão efetuada pela PCAL.

A vítima, Antônio Ferreira da Silva, foi assassinada no dia 21 de novembro de 2009, na travessa Silas Tavares, no município de Piranhas-AL. Ele foi morto com disparos de arma de fogo durante festividades locais.

O delegado Daniel Mayer, informou que a operação continua e que outras pessoas poderão ser presas.

Fonte: ASCOM-PC

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo