AlagoasDestaque

Fernando Tourinho será presidente do TJAL a partir de 2023

Orlando Rocha foi escolhido para a Vice-Presidência, e Domingos Neto foi eleito Corregedor-Geral da Justiça

O Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas elegeu, por aclamação, o desembargador Fernando Tourinho de Omena Souza para presidir o Judiciário estadual no biênio 2023-2024, em sessão administrativa nesta terça-feira (5).

O desembargador Orlando Rocha Filho foi escolhido para a Vice-Presidência, e o desembargador Domingos de Araújo Lima Neto foi eleito Corregedor-Geral da Justiça, todos de forma unânime.

O presidente do TJAL, Klever Loureiro, parabenizou os eleitos. “O Tribunal de Justiça sai forte dessa eleição, porque houve um consenso. Inicialmente havia alguns candidatos, mas chegamos a um denominador comum. São três excelentes profissionais, dignos, competentes, trabalhadores”.

Na mesma sessão, Klever Loureiro foi indicado como novo membro do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, onde tomará posse em abril de 2023 e deve se tornar vice-presidente da Corte. E os desembargadores Alcides Gusmão e José Carlos Malta foram eleitos presidente e vice-presidente, respectivamente, do Conselho Estadual da Magistratura.

“Essa aclamação nos deu uma responsabilidade maior. Os desembargadores deram uma prova de maturidade”, avaliou o desembargador Fernando Tourinho. Ele falou sobre sua expectativa para a futura gestão.

“Vamos buscar conversar mais com os juízes, servidores e operadores do Direito, para que possamos oferecer à população alagoana uma melhor Justiça e com mais celeridade”, disse Tourinho. De acordo com o desembargador, que assumirá em janeiro de 2023, o processo de transição será iniciado já em agosto.

O vice-presidente eleito, Orlando Rocha, destacou a importância do clima de harmonia da eleição. “Esse clima é propício para que realizemos uma gestão nobre, que enalteça o Judiciário de Alagoas. Uma gestão construtiva, em favor do jurisdicionado. Me comprometo em envidar todos os meus esforços para contribuir da melhor maneira possível”.

O desembargador Domingos Neto agradeceu a confiança recebida dos colegas e ressaltou que espera contar com o apoio necessário para uma boa gestão na Corregedoria. “Eu parto sempre do princípio de que ninguém pode fazer nada só, então pretendo contar com apoio dos magistrados, servidores, advogados e os meus pares, para que o jurisdicionado, que é o nosso patrão, possa ficar satisfeito e orgulhoso”.

Trajetória

Fernando Tourinho ingressou na magistratura estadual em 1992 e passou pelas comarcas de Passo de Camaragibe e Marechal Deodoro, antes de chegar à Capital. Em Maceió, foi juiz da 25ª Vara Criminal (Execuções Penais), 8ª Vara Criminal (Tribunal do Júri), 1ª Vara da Infância e da Juventude e 17ª Vara Criminal (organizações criminosas). Tomou posse no segundo grau de jurisdição, como desembargador, em 2012, e foi corregedor Geral de Justiça no Biênio 2019-2020.

Fnte: DICOM-TJ/AL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo