Brasil/MundoDestaque

Boris Johnson deve renunciar à liderança do Partido Conservador nesta quinta (7)

Ele deve permanecer no cargo de primeiro-ministro até definição de novo líder dos conservadores

Boris Johnson deve renunciar à liderança do Partido Conservador nesta quinta-feira (7), disseram fontes do governo britânico à CNN. Com a decisão, ele deve permanecer no cargo de primeiro-ministro até que seu partido defina um novo líder, o que deve acontecer em conferência prevista para o início de outubro.

Um porta-voz do gabinete de Johnson disse à CNN que o “primeiro-ministro fará uma declaração à nação hoje.”

O anúncio de Johnson ocorre em meio a escândalos que pautaram os noticiários do mundo nos últimos meses. O estopim se deu após a renúncia coletiva de mais de 50 integrantes de seu governo.

Boris Johnson ocupa o cargo de primeiro-ministro há três anos, tendo sido eleito em votações internas do Partido Conservador do Reino Unido em julho de 2019, substituindo Theresa May, que havia renunciado ao cargo.

As críticas referentes à gestão de Johnson foram intensificadas em janeiro deste ano, quando vazou a informação de que o premiê havia promovido festas no jardim da residência oficial de Downing Street, em Londres, durante o primeiro lockdown contra o coronavírus.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo